CRECI:2964-J | Atendimento: 48 3247-8865
Plantão 24h: (48) 9 8405-1436 /

Blog | Notícias, novidades e dicas do mercado imobiliário

Dicas para manter as crianças seguras em casa

03/03/2020   

Criança em casa pode ser sinal de preocupação. Isso porque, segundo a ONG Criança Segura, em 2018, acidentes domésticos representavam cerca de 50% das mortes de crianças. Entre as causas mais comuns estão as quedas, intoxicações, queimaduras, cortes, afogamentos e choques elétricos.

Todo cômodo da casa apresenta perigos e, pensando nisso, separamos algumas dicas valiosas para afastá-los dos pequenos sem limitá-los na melhor fase da vida.


AFASTE OBJETOS PERIGOSOS


Nessa etapa da vida, costumamos ser bastante curiosos. Por isso, mantenha utensílios de cozinha, tesouras, produtos de limpeza, higiene e remédios fora do alcance das crianças. Guarde baldes vazios virados para baixo. Atitudes como essa evitam cortes, ferimentos nos olhos e intoxicações. Peças de decoração e brinquedos pequenos podem ser engolidos. Por isso, evite deixá-los ao alcance dos pequenos. Da mesma maneira, prenda as cortinas para impedir asfixias.

 

ATENÇÃO AOS MÓVEIS E PISCINA


Se você possui piscina em casa, o cuidado é redobrado! Proteja o entorno com grades e use lonas para deixá-la tampada após o uso. Não deixe seu filho sozinho nesse espaço sem um adulto por perto. As mesmas dicas servem para banheiras. Dentro de casa, deixe os móveis longe de janelas, de modo que não servirão de trampolim aos pequenos. Além disso, na escolha da mobília, opte por quinas arredondadas ou utilize protetores. Remova a mesa de centro da sala. Além de serem de vidro, na maioria das vezes, possuem a altura ideal para possíveis acidentes.

DE OLHO NAS TOMADAS


Verifique se as crianças têm acesso às tomadas da casa. Se sim, é recomendado que você as tampe com fita isolante ou outro tipo de protetor. A mesma cautela para a fiação: crianças podem puxar os fios de eletrodomésticos e, se estiverem desencapados, causam choques elétricos não só nas crianças. Tenha o mesmo cuidado próximo às churrasqueiras. Usar álcool líquido eleva o risco de acidentes.

 

COZINHA NÃO É LUGAR DE CRIANÇA


Essa parte da casa está em número um no ranking de lugares que mais causam acidentes. Não esqueça de deixar os cabos de panela virados para o centro do fogão nas bocas de trás sempre que possível, assim como jarras e travessas que possam quebrar. Desligue os aparelhos que não estão sendo usados e deixe o ferro elétrico bem longe das crianças após o uso. Em relação às sacolas plásticas, uma alternativa interessante são os puxas sacos, pois não permitem que os pequenos tenham acesso. É recomendado, ainda, que o bujão de gás fique para o lado de fora da casa.

MENOS É MAIS


Exageros não são bem-vindos. Invista em pisos emborrachados, principalmente para bebês que engatinham ou estão dando os primeiros passinhos. Retire, quase totalmente, tapetes que facilitam tombos. Desse modo, prefira os antiderrapantes, assim como os pisos.

SEM SUSTOS


Fuja das surpresas. Deixe a tampa do vaso sanitário fechada com lacres, bem como portas de armários e área de serviço. Nas gavetas, instale trancas para dificultar o acesso a objetos não seguros. Guarde chaves, impedindo fugas e que seu filho fique trancado. Se morar em apartamentos com sacada, insira redes de proteção e fique por perto sempre que ele aproximar-se desse espaço. A supervisão também é extremamente necessária próximo às escadas. Fique atento ao tamanho do berço e evite quedas.

É importante estar atento aos sinais quando o assunto são os pequenos e a segurança doméstica. Alguns comportamentos fazem a diferença e diminuem o risco de acidentes. Gostou das dicas e quer achar um imóvel seguro para sua família? Entre em contato no (48) 3247-8865 ou (48) 98406-7178. Vamos adorar poder ajudá-lo.

Av. Presidente Nereu Ramos, 829 - Campinas - São José - Santa Catarina

Atendimento: 48 3247-8865

Plantão 24h: (48) 9 8405-1436 /



2020 - Todos os direitos reservados

Plantão WhatsApp